sexta-feira, 4 de maio de 2007

"Quando o verso vem pras casa"



Esse trabalho é a tinta óleo sobre tela, esta imagem se
completa com trechos da música "Cansando o cavalo"
de Gulo Teixeira e interpretada por Luíz Marenco.

"Por estas voltas de campo
andei cansando o cavalo...
Andei rodando esporas
sovando tantas badanas
trazendo junto dos tentos
minha querência em rodilhas.
Olhando o verde dos campos
renascer junto às flexilhas...
Pra Quem olhasse depois
duas estampas Pacholas
levando o verde nos olhos
e a querência à bate-cola.
Nem se daria por conta
que o sustento vem da gente
e só bebe a melhor água
quem descobrir a vertente..."
Óleo sobre tela medindo: 55,0 x 80,0 cm

Um comentário:

SIL disse...

SIMPLESMENTE IMPRESSIONANTE, TEUS DESENHOS TÊM "ALMA", CONFESSO QUE QDO VEJO ALGUNS DELES A NOSTALGIA TOMA CONTA DE MIM E UM ARREPIO ME VEM, TRAZENDO BOAS LEMBRANÇAS DA LIDA PASSADA EM COMPANHIA DE BONS PARCEIROS, VC FOI ABENÇOADA COM ESTE DOM QUE DEUS TE DEU, OBRIGADO E CONTINUE NOS PRESENTEANDO COM ELE, VISITO-TE TODOS OS DIAS, UM ABRAÇO COM CARINHO E MEU RESPEITO.